quinta-feira, 14 de junho de 2012

Corpo de Bombeiros - Salvar vidas!

Outra profissão muito procurada pelos meus alunos é a de bombeiro, inclusive o meu filho Matheus, campeão de natação em mar aberto e praticante de ginástica olímpica na ROCINHA, pretende fazer o concurso no final do ano que vem. Ele me pergunta sobre salário e coisa tal, eu digo a ele: Cara, paciência, todos começam ganhando pouco, com tempo o salário melhora e você vai investindo na sua formação. Como sempre, eu faço uma pesquisa e coloco as informações para vocês, afinal de contas o nosso blog foi aprovado no SEEDUC, não possui nenhum material inadequado, e pode ser acessado em todas as escolas públicas do Rio de Janeiro.


Os bombeiros em ação, tem que ser muito corajoso!

Meu padrinho, o Almirante Nascimento, adora o meu blog, ele foi um dos responsáveis pela minha escolha para o magistério, ele é um cara muito especial e com a morte do meu pai, o Capitão Adolpho Emygdio (FN), instrutor de tiro nas forças armadas, ele está sempre por perto. Eu prometi a ele que a próxima matéria será para as forças armadas.


Com vocês os super heróis da VIDA REAL:

Bombeiro

"Indivíduo preparado para prevenção, busca e salvamento e combate e extinção de Incêndio"
Fonte: Redação Brasil Profissões

O que é ser um Bombeiro?

Os bombeiros são os profissionais das forças de segurança, sejam civis ou militares, como soldados, cabos, sargentos ou oficiais, responsáveis pelo combate a incêndios, pela preservação do patrimônio ameaçado de destruição, pelo resgate de vítimas - de incêndios, afogamentos, acidentes ou catástrofes - e pela conscientização da população sobre medidas de segurança contra incêndios. Enfim esse profissional atua em diversas situações de desastres e catástrofes, além de realizar a perícia e investigação sobre sua origem..

Quais as características necessárias para ser um Bombeiro?

Desejo de servir a população e salvar vidas, excelente condicionamento físico e equilíbrio emocional para lidar com as situações mais adversas, são requisitos indispensáveis para quem pretende se tornar bombeiro.

Características desejáveis:

  • autocontrole
  • boa disposição física
  • boa saúde
  • capacidade de cumprir ordens e determinações
  • capacidade de decisão
  • capacidade de lidar com a visão de sangue e de pessoas acidentadas
  • capacidade de lidar com situações adversas
  • capacidade de liderança
  • capacidade de pensar e agir sob pressão
  • coragem
  • disciplina
  • equilíbrio emocional
  • habilidade para trabalhar em equipe
  • raciocínio rápido
  • resistência física

Qual a formação necessária para ser um Bombeiro?

Existem dois tipos de bombeiros: os militares e os civis, ou brigadistas particulares. As exigências de qualificação para ser um bombeiro militar variam de estado para estado, mas, em geral, o candidato a bombeiro precisa ser brasileiro, ter certificado de reservista (no caso dos homens) e ensino médio completo. A idade mínima é de 18 anos. A altura mínima é de 1,65 m para homens e 1,60 m para mulheres; na maioria dos estados, os candidatos a oficiais devem ser solteiros. É imprescindível não ter antecedentes criminais. Para algumas funções é necessário saber dirigir ou, no caso de salva-vidas, saber nadar. Para ser oficial, é preciso cursar uma escola superior de formação e aperfeiçoamento.
Há três escolas de nível superior para formação de oficiais-bombeiros no país: no Rio, em São Paulo e em Brasília. Existem cursos de formação de soldados, cabos e sargentos bombeiros em todos os estados e alguns cursos de aperfeiçoamento de oficiais. O candidato a bombeiro pode ingressar na corporação como soldado ou como oficial. Para ambos os cargos, o recrutamento é feito através de concurso público.
Para ser um bombeiro civil, ou brigadista particular, é necessário realizar um bom Curso de Formação de Bombeiro Civil Profissional. O brigadista partiicular atua em empresas públicas e privadas, escolas, comunidades etc, na prevenção e combate a incêndio e primeiros socorros..

Principais atividades

O bombeiro é um profissional que trabalha nas situações de perigo. Um bombeiro profissional está apto a realizar as seguintes
funções:
  • realizar serviços de prevenção e extinção de incêndios;
  • realizar serviços de busca e salvamento;
  • prestar primeiros socorros a acidentados em qualquer ambiente;
  • realizar perícia de incêndio;
  • prestar socorro no caso de inundações, desabamentos ou catástrofes, sempre que haja ameaça de destruição de patrimônio, vítima ou pessoa em iminente perigo de vida;
  • fiscalizar o cumprimento da legislação referente à prevenção contra incêndios em prédios residenciais e estabelecimentos comerciais;
  • desenvolver campanhas de educação da comunidade, com palestras em empresas e escolas, visando a despertar a consciência dos cidadão para problemas relacionados à prevenção de incêndios;
  • orientar a comunidade sobre o cuidado com piscinas, acidentes caseiros, fogos de artifício, balões, elevadores e até insetos e cobras;
  • em caso de mobilização do Exército, cooperar no serviço de defesa civil.
  • Áreas de atuação e especialidades
  • Esta é uma profissão com uma área de atuação bastante restrita. Alguns bombeiros fazem trabalhos extras e trabalham com salva-vidas em estabelecimentos privados como clubes ou hotéis, ou então dando cursos básicos não profissionalizantes para amadores e realizando palestras.

Mercado de trabalho

Por ser uma profissão de risco, o mercado de trabalho está sempre aberto aos bons profissionais. No setor público, o bombeiro é selecionado por meio de concurso público. Já a quantidade de vagas varia de estado para estado, pois depende da visão dos governantes sobre a importância da segurança pública. As mulheres têm boas perspectivas, os contingentes femininos estão crescendo por toda parte. No setor privado, o profissional deve ter uma boa formação e será facilmente absorvido pelo mercado de trabalho. A prevenção de incêndios e acidentes é uma boa área, constantemente em crescimento.

Curiosidades

Em 1851 ocorre um incêndio na Rua do Rosário (atual Rua XV de Novembro), que foi apagado com uma bomba emprestada por um francês, o que evidenciou a necessidade da criação de um órgão de controle. Então em 1856 surge o Corpo de Bombeiros da Corte (atual Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro).
Em 1880 é criado, oficialmente, o Corpo de Bombeiros e em 1909 é criada a primeira legislação para a prevenção de incêndios.
Em 1932 mulheres são empregadas no Corpo de Bombeiros.
Em 1951 entra em funcionamento a primeira Escola de Bombeiros, e em 1979 o telefone 193 é inaugurado.
Em 1990 é colocado em prática o serviço de resgate; em 1997 é lançado o Manual de Fundamentos dos Bombeiros.
Atualmente, o trabalho dos bombeiros abrange os mais variados campos, desde incêndios à acidentes, enchentes, resgates, desastres naturais e humanos, etc.

Onde achar mais informações?


Nenhum comentário:

Postar um comentário