sábado, 22 de setembro de 2012

Formando cidadãos críticos - Eleições 2012

A Escola deve formar cidadãos críticos, mas parece que isso só fica no discurso. O conhecimento das regras (leis) que regem a democracia é fundamental para a manutenção da mesma. Na verdade existem assuntos que são tidos como polêmicos e por isso ficam sempre fora das salas de aula. Os professores e direção temem ser mal interpretados pelos pupilos, e o resultado pode ser um tanto azedo...



O que significa a proporcionalidade? Do que se trata as leis 4737/1965, artigos 105 a 113? Pois é, os professores de História, Sociologia e Filosofia não tratam desse assunto em sala de aula. Resumidamente, se é que eu posso dizer assim, antes de votar precisamos calcular o quociente eleitoral. Você divide o número de votos válidos (não entra os nulos ou brancos) pelas cadeiras (vagas) disponíveis. O Carmo deve ter esse ano aproximadamente doze mil votos (12.000) para 11 vagas. A conta fica assim:

12.000 votos válidos divididos por 11 vagas = 1090 votos

A lei determina que só o partido ou coligação que atingir 1090 votos poderá eleger um vereador. Se fizer o dobro elege 2 e assim por diante. Não basta escolher boas pessoas, é essencial verificar quais são os demais candidatos do partido e da coligação.



Um comentário:

  1. PISO DOS PROFESSORES PARA 2013 x PISO DO MEC 2013 - QUAL ENTRE OS POSSÍVEIS PISOS PIRATAS O MEC ADOTARÁ? PORQUE O MOVIMENTO SINIDCAL DEVE DEFENDER O PISO LEGAL PARA 2013 - CONFORME A FÓRMULA DA LEI DO PISO - PISO DO MEC ALÉM DE ILEGAL - VIOLA LEI E NÃO TEM CRITÉRIO FIXO SÓ GERA INSEGURANÇA E INJUSTIÇA - NUNCA SERÁ SUPERIOR AO VALOR DO PISO CALCULADO CONFORME A FÓRMULA DA LEI JULGADA CONSTITUCIONAL PELO STF: http://valdecyalves.blogspot.com.br/2013/01/piso-legal-x-piso-do-mec-piso-nacional.html

    ResponderExcluir