domingo, 4 de novembro de 2012

A Redação do Enem está aqui, como você foi?

Quem pesquisa na internet estuda, a prova está em um texto do site infoescola.com.br, na parte de atualidades, onde o tema da redação de hoje é comentado. Quem leu se deu bem, quem não leu lê agora e confere:


A partir do segundo mandato do Governo Lula, o Brasil iniciou um novo período de crescimento econômico  e de investimentos oriundos de todas as partes do país e do mundo que culminou num novo ciclo de prosperidade que, no primeiro ano de mandato da presidente Dilma, colocou o Brasil na sexta posição entre as principais economias do mundo.
O Brasil passou a ser visto como grande emergente econômico, de mercado forte e de retorno de investimentos, fatores que fizeram o país se tornar novo alvo para imigrantes de várias partes do mundo que  buscam  trabalho e melhores condições de vida. Além dos esforços da diplomacia brasileira de trazer cientistas e mão de obra especializada de países estrangeiros, com o intuito de realizar a “drenagem de cérebros e de conhecimento” para nossas empresas, o Brasil teve que lidar com a investida de imigrantes menos habilitados para o mercado de trabalho de alto nível, sendo o país invadido por haitianos, bolivianos e asiáticos ajudados e explorados por coiotes nas nossas fronteiras.

A chegada de haitianos pelo estado do Acre expôs a fragilidade de nossas instituições de lidar com a imigração ilegal. O Brasil sendo um novo foco de crescimento econômico, com o símbolo de sede da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016, gerou esse novo movimento imigratório para o país.

Em relação ao Haiti, além das boas perspectivas econômicas brasileiras, outro fator é a boa imagem que o Brasil construiu de país pacificador e desenvolvimentista durante a reconstrução daquele país.

No início de 2012, já haviam mais de 1.000 haitianos no Brasil, fato que exigiu de nossa diplomacia medidas apropriadas, principalmente pela limitação do processo de imigração, pois o Brasil não terá condições de sustentar um novo êxodo internacional. Alguns críticos sugerem que o Brasil passe a formular a exigência de proposta de trabalho aos imigrantes, para que os mesmos não sejam vítimas de coiotes.

Em 2011, a França bateu o recorde de expulsões de estrangeiros ao deportar 32.922 imigrantes de seu território. Enquanto que os EUA e a Europa estão expulsando novos imigrantes, o Brasil tem sido visto como novo destino para melhores oportunidades de trabalho, tanto para estrangeiros que possuem propostas profissionais quanto para os que não possuem proposta e nem visto para entrar em nosso país.

No dia 12 de fevereiro de 2012, o governo brasileiro começou a restringir a entrada de haitianos, cedendo somente cem vistos por mês para eles entrarem em nosso país. Além dos haitianos, o Brasil tornou-se o grande sonho para imigrantes de países da Ásia Meridional e da África. A projeção econômica do Brasil poderá gerar novos problemas de diplomacia ao país.

fonte: http://www.infoescola.com/atualidades/nova-onda-de-imigracao-no-brasil/

Nenhum comentário:

Postar um comentário