segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Fim da enquete - O celular é exclusividade dos professores

O USO DOS APARELHOS celulares nas escolas ainda causa muita polêmica, apesar de ser uma poderosa ferramenta multimídia, ela é de uso restrito dos professores e direção. Isso está certo? Pelo que podemos ver na legislação não é permitido o uso por nenhuma pessoa, seja aluno ou funcionário, salvo em situações pedagógicas. É como nas filas do refeitório, os professores furam a fila e isso parece ser algo muito normal, quase um direito adquirido. O que sabemos é que a merenda é para os alunos, ou seja, os professores comem na "aba" da "rapazeada". Não são só os professores, a nossa santa merenda de todo dia parece dar "sustância" para muita gente...

A Guarda Municipal está sempre alerta...

SEM MAIS POLÊMICAS, a verdade é que o celular deveria ser permitido no recreio por exemplo, poderia ser muito útil em pesquisas dentro de sala de aula, pois muitos alunos tem acesso à internet com muito mais velocidade que os "dinossauros" da sala de informática. Como fazer isso sem causar uma bagunça nas escolas? Bom, talvez tenhamos que dar o exemplo usando os aparelhos de maneira adequada, quem sabe os alunos passem a confiar mais em nós por estarmos dentro das regras? Autoridade e liderança são coisas bem diferentes, a primeira faz uso do poder e a segunda lidera com o exemplo. Pra quê eu estou falando isso? É tão óbvio!



AS NECESSIDADES dos nossos dias perpassam o universo da tecnologia, a "não" presença do elemento tecnológico junto com a sua adequada utilização e professores treinados (para não pagarem mico sem saber ligar um aparelho) se faz urgente na nova escola pública. Eu digo nova porque até então só os alunos eram avaliados, hoje a história é outra e eu fico muito animado com a ideia de alguns "mestres" fazerem provas para mostrar o quanto sabem, ou o quanto não sabem... 



Depois dos professores o próximo "elemento" ou "variável" que será avaliado também vai causar muita polêmica e muita surpresa. Adivinhem quem terá que passar por avaliações? Os próximos serão os pais, por uma questão óbvia, numa casa onde a escola não fez a diferença, quem é que se importa com ela?


Nenhum comentário:

Postar um comentário