domingo, 13 de janeiro de 2013

Você conhece o Mário? O cara do Modernismo!

Uma exposição magnífica no Correios, "Cartas do Modernismo" - Mário de Andrade, muito bem organizada pela Denise Mattar que deu um verdadeira aula de Modernismo. Durante o percurso, o espaço da exposição, ela contava com amor e sabedoria uma síntese do que foi o Movimento Modernista e um pouco do gênio que foi Mário de Andrade.

Fiquei impressionado (falar nisso, a exposição dos impressionistas estava impossível de ver, 4 horas de espera na fila...) com as habilidades que Mário de Andrade tinha, inclusive um ótimo desenhista e músico (pelo menos crítico ele era...). Eu também fiquei imaginando ele conversando com alguns professores, tipo, ele contando que fugiu para Paris com a casada Tarsila, acho que denunciariam ele para o Ministério Público.

Uma palhinha do que está no site do CCC do Rio:

"Mário de Andrade - Cartas do Modernismo"


A exposição encerra as comemorações dos 90 anos da Semana de Arte Moderna, traçando o desenvolvimento do Modernismo através das cartas de Mário de Andrade. A correspondência do escritor é reconhecida por seu expressivo volume e pela qualidade dos interlocutores envolvidos. Os mais importantes poetas, escritores, músicos, teóricos e artistas desse período trocavam cartas com ele. O estudo delas revela o ideário modernista do autor, que se constitui como tema central da exposição, mas apresenta também o lado humano das pessoas envolvidas, suas dores, amores, brigas, disputas, picuinhas e brincadeiras.


A mostra reúne cartas trocadas entre Mário e Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Candido Portinari, Di Cavalcanti, Enrico Bianco, Cícero Dias e Victor Brecheret. Outro foco da exposição está nas Artes Plásticas, apresentando cartas que se referem ao tema na correspondência com Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade e Henriqueta Lisboa. Destaque especial é dado ao período, muito pouco conhecido, em que Mário de Andrade viveu no Rio de Janeiro, e também à sua amizade com Portinari. Neste segmento são apresentadas cartas originais de Mário de Andrade a Portinari, hoje mantidas no Projeto Portinari.

Quer ler mais? Então já sabe >>>
http://www.correios.com.br/sobreCorreios/educacaoCultura/centrosEspacosCulturais/CCC_RJ/CCCRJ_Programacao.cfm

Agora, mais algumas fotos do eddye:






Um comentário:

  1. Há um livro muito interessante " O Mário que não era de Andrade". O livro retrata a história do autor de uma forma lúdica.
    Excelente para os adolescentes!

    ResponderExcluir