segunda-feira, 28 de abril de 2014

Literatura de Cordel

A galerinha do 6º ano das escolas estaduais aqui do Carmo (Ciep 280 e Varella) está aprendendo o que é a Literatura de Cordel, como se faz e qual a relação com o contemporâneo, eu gosto de associar o repente (que uma das formas de apresentar o cordel) com o RAP.


A origem do nome vem lá da "terrinha", Portugal. pois nesse país eles eram pendurados em cordões e expostos em frente a pequenas lojas ou até mesmo em praça pública. Os cordéis são publicações de baixo custo, frequentemente publicados pelos próprios autores o que faz com que esses trabalhos não tenham a aparência das publicações profissionais (comerciais).


Uma das maiores características dessa arte é o fato dos autores emitirem opiniões bem pessoais a respeito da sociedade, muitas vezes de forma irônica e crítica. Outra característica marcante dessa arte é a impressão dos livretos através da técnica da Gravura. Você já viu alguém imprimindo? Não! Então vamos dar uma olhadinha e aprender com o vídeo que fiz na UFRJ:


Nosso próximo passo será a confecção de gravuras a partir do isopor, na verdade são as tampas de isopor que usamos para fechar as quentinhas, espero vocês lá! Mas antes disso que tal ver essa galerinha colorindo algumas gravuras? Então vamos nessa.











Nenhum comentário:

Postar um comentário