sexta-feira, 24 de março de 2017

"Fessora, o mapa tá errado!"

Quem diria que a aluna da primeira carteira estava certa? Pois é, ela vive se informando e descobriu o que algumas pessoas ainda não sabem, os mapas na versão de Gerardus Mercator Rupelmundanus, ou Gerhard Kremer como era seu nome original, muito usados ainda hoje, estão com erros muito gritantes, as relações como a proporção estão absolutamente equivocadas.



Usar estes mapas nas aulas de Geografia é um engano tremendo, pois a distorção que ele causa nos polos fazem com que as relações entre os continentes estejam completamente e visualmente incorretas. 

O mapa múndi que nos foi apresentado na escola representa o Hemisfério Norte como tendo 2/3 da superfície do planeta, e o Hemisfério Sul com apenas 1/3. A representação visual da Europa aparece maior que a América latina, quando na verdade a Europa é menor! A America latina é quase duas vezes maior que a Europa.

Eduardo Galeano dice: “El mapa miente. La geografía tradicional roba el espacio, como la economía imperial roba la riqueza, la historia oficial roba la memoria y la cultura formal roba la palabra.”

Já a Projeção de Gall-Peters é um tipo de projeção cartográfica dita cilíndrica e equivalente. As retas perpendiculares aos paralelos e as linhas meridianas têm intervalos menores, o que resulta numa reprodução fiel das áreas dos continentes à custa de uma maior deformação do formato deles.


Então, qual dos dois mapas você está estudando na sua escola? Fique esperto, presta a atenção! Olha o tamanho da superfície de cada continente e tire a sua conclusão!


  1. Ásia ≈ 44 500 000 km².
  2. América ≈ 42 500 000 km² (América do Norte: 24 473 000 km²; América do Sul: 17 819 000 km²).
  3. África ≈ 30 100 000 km².
  4. Europa ≈ 10 000 000 km².
  5. Oceania ≈ 8 800 000 km².

F U I !!!



3 comentários:

  1. Mas o objetivo do mapa de Mercator não é manter as áreas, como está sendo dito, seu objetivo é manter as formas dos continentes. A terra é esférica o que impossibilita um "mapa perfeito". Mapas como o Peters preserva as áreas, mas distorce as distâncias, ou seja, ele também estaria tão errado quanto. Ou seja, deve-se sim estudar todas as projeções no colégio, pois cada uma tem um objetivo principal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você realmente acredita que a representação da Forma não está associada a Proporção? Forma e proporção são atributos indissociáveis na representação realística de qualquer objeto! Estamos tão acostumados com esse mapa medieval que a mudança dos volumes podem incomodar no início, com o tempo você se acostuma e entende que o tamanho das coisas é mais importante do que as questões estéticas, olha que de estética eu manjo! Grande abraço e obrigado por contribuir com a sua Gestalt!

      Excluir
  2. Alunos que gostam de Geografia costumam gostar também de História, as disciplinas são muito próximas. Então eu sugiro que leia a seguinte matéria:
    http://g1.globo.com/educacao/noticia/o-que-e-a-projecao-gall-peters-mapa-que-promete-acabar-com-4-seculos-de-visao-colonialista-do-mundo.ghtml
    Copie e cole no seu navegador, boa leitura! +_-

    ResponderExcluir